O Projeto

A Associação Fotoativa promove desde 2002 o Colóquio de Fotografia e Imagem. A partir do encontro entre artistas e pesquisadores locais, nacionais e internacionais o evento propõe um espaço de reflexão crítica sobre a relação entre produção imagética e os diversos campos do conhecimento. Através da organização de seminários, cursos, palestras, oficinas e mostras de arte o evento estabeleceu um fórum permanente de produção de conhecimento e troca de informações entre pesquisadores, profissionais e estudantes ligados ao campo da fotografia, da imagem e afins, no estado e fora dele.
 
 

[2002 | 2003]  

As duas primeiras edições do Colóquio enfocaram a relação entre fotografia e produção do conhecimento. Pesquisadores locais como Patrick Pardini e Val Sampaio abordaram os diálogos entre a pesquisa imagética e o conhecimento histórico e semiótico. A antropologia visual, um dos campos mais fecundos da antropologia no Brasil, foi trabalhada pelo professor da Unicamp Etienne Samain. Na produção fotográfica, dois nomes de destaque da fotografia brasileira contemporânea apresentaram a singularidade da Belém urbana sob iluminação noturna, Alberto Bitar e Mariano Klautau Filho foram os autores da exposição “Noites Brancas”.

 

Público do 1º Colóquio no Museu do Estado do Pará, atual Museu Histórico do Estado do Pará.
Etienne Samain, Orlando Maneschy e Afonso Medeiros no 2º Colóquio.
Convite da exposição “Noites Brancas”.

[2004]

A mediação entre fotografia e crítica foi o segundo ponto de análise trabalhado por pesquisadores, críticos e colecionadores de arte que integraram a terceira edição do Colóquio de Fotografia e Imagem. Nomes de projeção nacional como Arlindo Machado, Joaquim Paiva e Tadeu Chiarelli revisitaram a crítica fotográfica a partir de questões das artes visuais no contemporâneo. 

Patrick Pardini, Mariano Klautau Filho e Arlindo Machado no debate sobre fotografia documental realizado no 3º Colóquio.

[2005] 

O eixo “Identidade e Percepção” demonstrou a pluralidade de questões acionadas pela presente pesquisa e produção imagética no reconhecimento das transformações na dinâmica das relações humanas, nas novas tecnologias da imagem e na relação entre identidade individual e coletiva. Alguns recortes sobre o tema foram feitos por pesquisadores do Pará como o professor Ernani Chaves além das participações do curador Eduardo Brandão, a artista Élida Tessler, a curadora de fotografia Rosely Nakagawa, e a fotógrafa equatoriana Lucía Chiriboga, que expôs seu processo de criação artística.

Mesa "identidade e percepção" com Élida Tessler, Ernani Chaves e Eduardo Brandão, no Núcleo de Arte da UFPA (atual ICA) durante o 4º Colóquio.

A artista equatoriana Lucía Chiriboga em palestra sobre seu processo de produção.

[2006] 

As questões em torno da crítica, identidade e percepção, desdobradas em edições anteriores do Colóquio, foram incorporadas na reflexão sobre os procedimentos adotados na criação artística a partir da imagem. O tema “Processos e Poéticas” recebeu contribuições dos artistas-pesquisadores Mário Ramiro da USP e Sandra Rey da UFRGS, que ministrou também a oficina “Laboratório de Criação”. 
 
 

Público no auditório do IAP durante palestra de Mario Ramiro no 5º Colóquio.

 

Sandra Rey em sua palestra no Colóquio “Processos e Poéticas”.

[2007]

A fotografia e seus diversos suportes e materialidades foram explorados no segmento “Materialidades da Fotografia”. Desde o experimentalismo histórico observado e pesquisado no campo das vanguardas modernas até as experiências e consolidações da imagem na arte visual contemporânea, como as instalações, projeções, arte pública e intervenções foram analisadas pelo pesquisador paulista Ricardo Mendes, o artista visual cearense Sólon Ribeiro e o artista/pesquisador Orlando Maneschy, professor da UFPA. A programação incluiu também o seminário “Vilém Flusser: aproximações rumo às artes visuais e à fotografia” de Ricardo Mendes e a leitura de portfólio com Orlando Maneschy, Solon Ribeiro e Guy Veloso. A exposição coletiva “Fotográfico”, com curadoria de Mariano Klautau Filho, incluiu fotografias, pinturas, objetos e vídeos reunidos em torno da experiência fotográfica na produção de imagens. 

Projeção de imagens durante palestra de Solon Ribeiro.

Obra de Roberta Carvalho que integrou a exposição "Fotográfico"

Obra de Flávio Araújo que integrou a exposição “Fotográfico”.

[2008]

Na sétima edição do Colóquio “Imagem-cidade” foi o mote para público e convidados debaterem a cidade como referência e material de expressão do artista visual. Nesse campo figuraram a fotografia urbana em sua tradicional acepção até as experiências da arte pública, ações e intervenções que fazem da cidade o tecido sobre o qual o artista pode operar em suas várias sintaxes e suportes, assim como no novo campo de significados para a poética fotográfica presente nas relações existentes entre imagem estática e imagem em movimento. As discussões receberam contribuições do jornalista, fotógrafo e curador Eder Chiodetto, do professor da UFRGS Alexandre Santos, do pesquisador Daniel Sosa, coordenador do Centro Municipal de Fotografia de Montevidéu, e dos professores José Reinaldo Martins da UFMA e Rosa Cláudia Pereira, da UFPA. A coletiva “Escrituras”, com curadoria de Eduardo Kalif, expôs trabalhos que dialogavam com o tema do evento. 

Eder Chiodetto na palestra "Cidades: lugares que não existem".

Daniel Sosa na apresentação "Centro Municipal de Fotografia de Montevideo, la construcción de un espejo con memória de la ciudad".

Alexandre Santos na palestra "Alair Gomes: entre flaneûr e voyeur".

Leitura de Portfólio com Eder Chiodetto e Alexandre Santos.

Público na exposição coletiva "Escrituras".

É importante destacar a parceria institucional que a Fotoativa firmou com o Instituto de Artes do Pará – IAP e o Instituto de Ciências da Arte – ICA da Universidade Federal do Pará na realização das edições aqui apresentadas do Colóquio de Fotografia e Imagem. Com o objetivo em comum de fortalecimento do processo de formação de estudantes, artistas pesquisadores e da sociedade em geral nas diversas questões do mundo contemporâneo que podem ser pensadas a partir da imagem, as duas instituições parceiras ofereceram apoio em recursos humanos e na logística dos eventos. 

Anúncios

2 Respostas para “O Projeto

  1. Boa tarde

    Meu nome é Christiane, sou graduada em filosofia e sou fotógrafa. Gostaria de adentrar neste meio filosófico-fotográfico.
    Você poderiam me enviar mais informações sobre o grupo, encontro, simpósios de vocês.
    Eu os encontrei através de uma pesquisa no google.
    Aguardo.
    Atenciosamente
    Christiane Forcinito

    • Olá Christiane,
      Agradecemos pelo seu interesse e passagem aqui pelo blog do Colóquio Fotografia e Imagem. Já estamos construindo a programação do Colóquio em 2011 (em Novembro). As atividades do Núcleo de Pesquisa e Documentação da Fotoativa aqui em Belém serão em breve postadas por aqui também. Por enquanto você pode acompanhar mais informações através do http://www.fotoativa.blogger.com.br

      Atenciosamente,
      Ionaldo Rodrigues.
      NPD – Fotoativa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s